Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2018

A Palavra aos Escritores - ISABEL ALLENDE

Imagem
Isabel Allende (02/08/1942) A escritora mais vendida de língua espanhola O seu primeiro romance "A Casa dos Espíritos" (1982) converteu-se num dos títulos míticos da literatura latino-americana com posterior adaptação ao cinema. Seguiram-se muitos outros, todos êxitos internacionais. O mais recente livro "Para Lá Do Inverno" (2017) tem como ponto de partida uma citação de Albert Camus "No meio do Inverno aprendi, por fim que havia em mim um Verão invencível."
«O que eu gosto mesmo é de contar histórias. A pessoa que sou, os valores que me sustentam e a experiência de vida que acumulei reflectem-se nas entrelinhas de cada página que escrevo. Os leitores poderão encontrar mensagens, mas não é minha intenção dar sermões, apenas partilhar o que sinto e o que sei.» «Para mim o mais difícil é o início, por isso, tenho uma data sagrada para começar cada livro, 8 de Janeiro. Nas primeiras três ou quatro semanas, quando ainda não encontrei o tom narrativo e as per…

Agrião de Clara Pinto Correia

Imagem
AGRIÃO Clara Pinto Correia Relógio d'Água, Novembro 1984 Romance 104 páginas Sinopse Novelas diversas dentro de uma História (ou diversas histórias numa só novela), a cavalo nos tempos do nosso tempo e nos múltiplos espaços que nos definem o lugar. O retrato de uma família pobre que vai migrando a conta gotas para a  grande cidade de Lisboa à procura de uma vida melhor mas que acaba a tentar sobreviver nas novas e emergentes periferias dos anos 70.
«Contara sempre aos cachopinhos, que sorviam as suas histórias fantásticas como goles de vinho doce aquecido com mel e gema de ovo nas vésperas frias de Natal, o caso daquele filho cruel que esfaqueara a mãe para lhe retirar da camisa os magros tostões que ele ganhara com tanto esforço enquanto ele estava na taberna, e depois , enlouquecido, desatara a correr com o coração dela na mão. - Depois tropeçou numa fraga, ficou de borco na terra, e o coração da mãe foi a rebolar por ali fora. Sabeis o que disse então o coração? Cresciam de ansie…