sábado, 2 de setembro de 2017

8 Ensinamentos de Quem Mexeu no Meu Queijo? de Spencer Johnson



QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO?
de Spencer Johnson
Pergaminho, Junho 2001
Gestão e Organização
104 páginas
Sinopse
Era uma vez dois ratinhos e dois pequenos seres humanos que viviam num labirinto. Estes quatros personagens dependiam de queijo para se alimentarem e serem felizes. Como tinham encontrado uma casa cheia de queijo, viveram muito felizes durante algum tempo. Mas um belo dia o queijo desaparece...
Uma divertida parábola que através de uma linguagem simples transmite ensinamentos profundos sobre a melhor forma de lidar com a mudança e nos dá instrumentos valiosos para compreender um mundo em constante mudança e a um ritmo cada vez mais acelerado. Um bestseller, considerado uma obra de referência no campo da gestão e um clássico ao nível da auto-ajuda.

"Todos reconhecemos que a mudança faz parte das nossa profissões, mas poucos são os que esperam ou aceitam isso como uma realidade nas suas vidas. Quem Mexeu no Meu Queijo? é um roteiro simples e compreensível para cada um de nós lidar, no seu próprio caso, com a mudança" - Michael Morley, Vice-presidente Sénior da Eastman Kodak


Quem Mexeu no Meu Queijo? passa-se num labirinto metafórico em que cada um procura e persegue o seu Queijo, aquilo que acredita necessitar para ser feliz, seja algo material ou um estado emocional,. As quatro personagens, dois ratos e dois humanos desta história representam diferentes personalidades e as suas reações á mudança. No final toda esta grande metáfora é discutida e como que analizada num reencontro de um grupo de amigos de liceu em que cada un acaba por conseguir transpor algumas das imagens para a sua realidade.
Um livro que nos dá boas pistas para reagir às mudanças que vão sempre surgindo ou mesmo para despoletar as necessárias.

Aqui ficam as ideias principais que retive e que encaro como ensinamentos, liçõoes:
  • Quando as coisas estão a mudar, precisamos também de mudar  e agir de forma diferente, caso continuemos a fazer as mesmas coisas repetidamente não adianta questionarmo-nos porque a situação não melhora 
  • Para nos adaptarmos mais facilmente ás mudanças, devemos sair da nossa zona de conforto, isso torna tudo mais fácil, seguir numa nova direção quando nos movemos para lá do nosso medo faz-nos sentir livres
  • Há que tomar as rédeas muito mais do que deixar que as cosas aconteçam para não se ser apanhado desprevenido pela mudança, observar o que vai acontecendo para nos podermos antecipar à mudança
  • Devemos estar atentos às pequenas mudanças para que mais facilmente estejamos preparados para a grande mudança que estará para vir, adaptarmo-nos rapidamente porque quando não o fazemos atempadamente corremos o risco de nunca o conseguirmos
  • Não ficar prisioneiro do nosso próprio medo, fazer o que faria se não estivesse com medo, movermo-nos para lá do medo 
  • Quanto mais cedo te libertares do Queijo Velho, mais depressa encontrarás um Novo Queijo
  • A forma mais rápida para mudar é rirmo-nos dos próprios disparates depois disso podemos libertar-nos e continuar
  • Há que manter as coisas simples, ser flexível e mudar rapidamente, não complicar demasiado as situações, nem ficar confuso com pensamentos de medo

Existe sempre um Novo Queijo por aí, tanto faz que nos apercebamos dele ou não, e que seremos recompensados com ele assim que ultrapassarmos os nossos medos e aperciarmos a aventura


**** (Gostei muito)

Spencer Johnson (1938-2017) foi um autor americano com formação em Psicologia, especialista em abordar assuntos complexos de uma forma simples, apresentando soluções eficazes. Começou por escrever livros infantis, mas em 1980 escreveu juntamente com Ken Blanchard o seu primeiro best-seller "O Gestor-Minuto", iniciando assim a sua longa lista de livros publicados na área da gestão, organização e auto-ajuda.
"Quem Mexeu no Meu Queijo" vendeu 28 milhões de livros em todo o mundo e ganhou versões para o público infantil e jovem.







Sem comentários:

Enviar um comentário