segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Objectivos e desafios para o novo ano

Uma vez que a maior parte dos desafios e projectos a que me propus em 2017 não foram concluídos este ano decidi ser muito mais modesta também para me deixar ir ao sabor dos meus desejos e sem cair em frustrações de metas não alcançadas.

Assim para 2018 os meus objectivos literários são controlados e passam essencialmente por:
- ler muito mais
- comprar muito menos livros, mais especificamente, apenas 6 livros durante todo o ano
(não vão contar aqueles que vou pedir de presente ao longo do ano e que espero me possam oferecer)
- estar mais presente e produtiva aqui no blog assim como nas outras redes sociais
- conhecer e comentar mais outros blogs e canais de livros
- continuar a assistir a conversas/debates/palestras para um contacto mais directo com a realidade e produção literária assim como escritores

Em relação aos projectos e desafios vou manter também o nível por baixo porque o ano passado, como já disse tive mais olhos que barriga e as coisas não correram bem e vou optar por desafios mais generalistas e temáticos.
World Book Tour - Vou continuar a passear e conhecer o mundo e os seus autores mas ao meu ritmo porque 1 livro e um país por mês era demasiado para mim e não conseguia dar conta e acompanhar mas podem seguir o projecto na página do Facebook
Livros com x anos - A ideia e projecto é da Elisa do blog e canal A Miúda Geek e consiste em ler os livros e/ou autores de alguns dos principais prémios literários do ano em que nascemos, o Prémio Nobel, o Man Brooker Prize, o Prémio Pullitzer de Ficção e o Prémio Camões ou um Autor português do ano de nascimento no caso de quem tenha nascido antes de 1988, ano de instituição do prémio
Ler os Nossos/Autores Portugueses - dois projectos que se complementam pois visam ambos fomentar a leitura dos nossos escritores, o primeiro já é um habitué do blog e canal A Mulher Que Ama Livros e decorre em Novembro, o segundo é mensal com um autor diferente a cada mês e tem grupo no Goodreads

A título pessoal para além dos 8 livros para 2018 vou ter a companhia deste livro ao longo de todo o ano com o objectivo de o conseguir ler durante este período, é um livro já com bastante tempo na estante e como daqueles para se ir lendo achei que esta seria ser uma boa forma de me estimular a fazê-lo. Para além disso a minha curiosidade leva-me a querer saber sempre mais de tudo, conhecer mais e aumentar a minha cultura.

Um livro para aqueles que querem ter uma relação viva com a cultura que vai enriquecer as nossas vidas e também ajudar a conhecermo-nos melhor.
Como é que surgiram a sociedade moderna, o Estado, a ciência, a democracia ou a administração?
Que disse Heidegger que não soubéssemos já?
Porque é que Dom Quixote, Hamlet, Fausto, Falstaff ou o Dr. Jekyl e Mr. Hyde são figuras tão conhecidas?
Este livro aborda também episódios remotos e centrais do Antigo e Novo Testamento, a emergência dos Estados e a epopeia da modernização, as revoluções e a democracia; a evolução da Literatura, a Arte e a Música através das suas grandes obras; o desenvolvimento da Ciência e da Filosofia, o campo de batalha das ideologias, cosmogonias e teorias, mas também a educação que dão os livros, os colégios ou as universidades, os jornais e os foros de opinião.

2 comentários:

  1. É verdade, temos uma série de planos semelhantes! Também tenho esse "Cultura" para ler, na edição em fascículos do Expresso :) comecei-a, mas não terminei ainda! Tenho de tratar disso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é um livro para se ir lendo devagarinho que tem muita informação a ser digerida. Eu também tenho de tratar de começar a ler o meu senão chego ao final do ano e lá se vai a minha meta ;)

      Eliminar